Wall Street e as suas guerras

13-04-2008

  11:49:59, por Corral   , 226 palavras  
Categorias: Outros

Wall Street e as suas guerras

Iar-noticias

Como nunca na história, a economia capitalista e a geopolítica estratégica do Império se complementarom com a ocupaçom de Iraque, em abril de 2003. Com as suas tropas e bases despregadas no Iraque, EEUU fechou seu dispositivo de controle militar estratégico em Médio Oriente com projecçom ao Ásia, e as corporações capitalistas do Complexo Militar e de Wall Street contárom com um novo encrave para fazer negócios, ao custo da morte de 120 iraquianas e dois soldados USA por dia. Morridos que pouco interessam nas frias matemáticas de rentabilidade capitalista que guiarom a invasom militar de Bush e dos ?mariachis? multi-milionários, para além do mito da "loucura fundamentalista" utilizado para desviar a atençom do verdadeiro objectivo que encobre a invasom militar.

Ademais, com Bush ou após Bush na Casa Branca, no mundo capitalista "transnacionalizado" do Império norte-americano as 200 empresas multinacionais mais poderosas ditam e seguiram condicionando a política mundial e o comportamento de governos, exércitos, ou instituições mundiais oficiais ou privadas. Esse capitalismo sionista planetário, concentrado em Wall Street, a Reserva Federal e os bancos centrais europeus, é o autor intelectual e económico das invasões militares (para fazer negócios) que tanto as administrações republicanas como democratas lançam periodicamente desde a Casa Branca.

Sem comentários ainda

Agosto 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

powered by b2evolution CMS