Poética
Poética

É pena um homem nobre a compor poemas em seu retiro refinado.
Modela o seu trabalho segundo os versos clássicos da China,
e os seus poemas são elegantes, cheios de frases preciosas.
Mas se não escrever de coisas do fundo do seu próprio coração,
de que serve atirar para fora tantas palavras?

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Dewdrops on a Lotus Leaf - Zen Poems of Ryôkan, Shambala, 1993, USA.

(Ryôkan)

Autopoética
Autopoética

Quem diz que os meus poemas são poemas?
Os meus poemas não são poemas!
Quando conseguires compreender isto
poderemos falar de poesia!

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Dewdrops on a Lotus Leaf - Zen Poems of Ryôkan, Shambala, 1993, USA.

(Ryôkan)

Eihei Kôroku 10
Eihei Kôroku 10

Até desfazer estruturas fixadas é girar no fluxo do nascimento e da morte; até leccionar o caminho médio é ilusão e erro.

Se estudares assim, estudas acompanhado pelos Budas. Se o estudares de outra maneira, estás a estudar sozinho.

Estudar com os Budas ou estudares sozinho; leccionar um metro e leccionar um kilómetro; falar de dez ou falar de nove. São coisas diferentes.

Que significa 'de outra maneira'? És tu próprio. Que significa 'assim'? São os Budas.

Quando o grande Baso começou a dar ensinamentos, o seu mestre Nangaku disse ao seu próprio grupo 'Está Baso a dar ensinamentos às pessoas?' Disseram-lhe que estava e Nangaku disse 'Nunca vi ninguém dar notícia disso'. Ninguém teve uma resposta.

Assim que Nangaku enviou um monge junto a Baso, com as seguintes instruções: 'Quando Baso se levantar na sala de leituras para os ensinamentos, pergunta-lhe como é ele, lembra a resposta e vem de volta'.

O monge foi e fez o que lhe foi dito. Quando voltou, disse a Nangaku, "Baso disse 'desde a rebelião dos Bárbaros, nestes últimos trinta anos, não me tem faltado o sal e a sopa para as comidas"

Pego nesta história e faço uma bola com ela, que ofereço aos iluminados. Há três pessoas que o testemunham: um diz que estou a oferecer flores, outro que estou a oferecer um precioso incenso, outro que estou a oferecer a cabeça, os olhos, o tutano e o cérebro.

Deixando de parte o testemunho destas três pessoas, como poderia o testemunho de toda a comunidade supor uma explicação para as pessoas ordinárias?

"Nos milhões de anos desde a rebelião dos Bárbaros, nunca me tem faltado sal e vinagre".

Tradução do inglês a partir do trabalho de Thomas Cleary. Rational Zen - The Mind of Dôgen Zenji, Shambala Dragon Editions, 1992, USA.

(Dôgen Zenji)

<< 1 ... 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ... 128 >>