Em resposta a: No 2009, Palestina livre!!! No 2009, Galiza livre!!!

Luiz Carlo Ubaldo Gonçalves [Visitante]
Viva o povo Palestino, chega de agressão a essa gente tão sofrida, Israel não pode continuar matando impunemente.
Link permanenteLink permanente 29-11-2012 @ 12:15

Em resposta a: Detido por satanismo o sacristam de Coimbra

Paula Querido [Visitante]
Dia 1 de abril é o DIA DAS MENTIRAS!
Link permanenteLink permanente 02-04-2012 @ 12:50

Em resposta a: Escatumbararibe

INES ARTAXO [Visitante]
Maravilhoso o trabalho de voces.
Parabens, vou comprar o material e indicar aos alunos.
att
Ines Artaxo
Link permanenteLink permanente 25-10-2011 @ 23:07

Em resposta a: Se calhar um poema

i (gor) [Membro]
A foto, aqui: http://catedral.weblog.com.pt/arquivo/118127.html
Link permanenteLink permanente 20-09-2011 @ 00:29

Em resposta a: A

Nelson de Moura Silva [Visitante] · http://www.ednalvapoeta.adm.br
Considerando texto com palavras sempre começando com a mesma letra, deixo a pergunta: como se chama este estilo de escrita? De acordo com definições pesquisadas, pode dizer que não é assonância, paranomásia, trava-lingua... então o que é?????????? Agradeço enviar resposta para meu email nelsonmourasilva@ig.com.br
Link permanenteLink permanente 04-08-2011 @ 19:34

Em resposta a: Eu também naufragar

xenevra [Visitante] · http://www.xenevra.blogspot.com
Eu, que semprei gostei dos versos aqueles de "eu tamén navegar", fico agora namorada deste naufraxio presaxiado e que, ás veces, parece tan necesario.
Link permanenteLink permanente 29-04-2011 @ 21:26

Em resposta a: (De Morno, Lene, Dondo) (II)

Salsa [Visitante] · http://jazzigo.blogspot.com
Em breve cea deixarei um poema similar ao que publicaste há algum tempo. Coincidências poéticas.
abraços,
do outro lado do atlântico,
Salsa
Link permanenteLink permanente 29-03-2011 @ 04:22

Em resposta a: A minha língua quero na tua boca

Salsa [Visitante] · http://jazzigo.blogspot.com
Estava eu procurando um poema que escrevi há algum tempo. Encontrei o seu - o tema é o mesmo, o desenvolvimento difere. Logo que o encontrar deixarei como um comentário.
Abraços,
Link permanenteLink permanente 29-03-2011 @ 04:18

Em resposta a: (De Morno, Lene, Dondo) (II)

estíbaliz [Visitante] · http://www.estibalizes.wordpress.com
Obrigada. Ve que era fácil, que era morno, que era dondo, que era todo iso?

:]

Bótaselle de menos. Cando poderemos ler todos os demais?
Link permanenteLink permanente 13-03-2011 @ 22:36

Em resposta a: (de Morno, Lene, Dondo) (I)

i (gor) [Membro]
Tenho o blogue a repousar...
Link permanenteLink permanente 11-03-2011 @ 22:41

Em resposta a: (de Morno, Lene, Dondo) (I)

estíbaliz... [Visitante] · http://www.estibalizes.wordpress.com
Co que mola o título e déixasnos así! Co mel nos beizos! Nonseicántos meses xa, meu.
Link permanenteLink permanente 10-03-2011 @ 22:57

Em resposta a: Escreve o abecedário!

GIOVANAN MÁRCIA [Visitante]
A
B
C
EU VOU TE ESCREVERA
Link permanenteLink permanente 04-02-2011 @ 19:19

Em resposta a: Fotos do Cadáver (e comentários da alegria posterior)

Adilson [Visitante] · http://rimastruncadas.blogspot.com/
Bela gente , bela terra ....abraços do Brasil
Link permanenteLink permanente 03-02-2011 @ 16:56

Em resposta a: Apalpador para o ano inteiro

meninheira [Visitante] · http://dalleuncolinho.blogspot.com/
Se este ano fas outro avísame queres? así o poño no blogue como o ano pasado :)

saudiñossssssssss
Link permanenteLink permanente 02-12-2009 @ 16:41

Em resposta a: Hallelujah

estíbaliz... [Visitante] · http://www.estibalizes.wordpress.com
Pero quizais a versión máis lograda é a de Jeff Buckley.

http://www.youtube.com/watch?v=AratTMGrHaQ
Link permanenteLink permanente 18-11-2009 @ 11:55

Em resposta a: Hallelujah

estíbaliz... [Visitante] · http://www.estibalizes.wordpress.com
Virán, ho, virán máis días.

O temazo de Cohen -que me piden que cante en infinidade de vodas relixiosas- coñece unha versión algo distinta por Rufus Wainwright, pinchando aquí http://www.youtube.com/watch?v=mmbQEQltOwM

Vivimos das mesmas cousas refritas.

Bicas.
Link permanenteLink permanente 18-11-2009 @ 11:47

Em resposta a: A igreja (católica, apostólica, romana) mata

Manuel [Visitante]
Os PAPAS em bebedeira,
Querem-nos impingir isto:
Única e Verdadeira,
Como «Igreja de Cristo».

A «igreja» é uma trapalhada,
Dos «padres», uns intrujões;
Clero, conversa fiada
E os «abades» uns glutões.

Uma Igreja imaculada, (Ef.5,27)
Cristo disse que fundava,
Diferente desta alhada;
Era isto o que eu pensava.

A «ROMANA» padralhada,
Cozinhou-a ao seu sabor,
'Té parece uma piada
De sofrimento e dor.

É o «reino dos céus» do clero
A enganar o pobrezito,
C'um «vale de lágrimas» vero,
C'um tormento infinito.

Ó Cristo, vem cá à terra,
Tirar esta confusão;
Matar a «besta» que ferra; (Ap,19)
Mostra-lhe a Tua missão.
Link permanenteLink permanente 12-11-2009 @ 18:11

Em resposta a: A igreja (católica, apostólica, romana) mata

Manuel [Visitante]
Em Fátima, uma senhora
Enganou três pastorinhos,
C’uma voz sedutora,
Ameaças e adivinhos.

Disse que era mãe de Cristo,
Mas não era Israelita.
Ora vejam bem, só isto:
Que coisa tão esquisita.

Se Judia fosse ela,
Que adorasse a DEUS Javé,
Não pediria CAPELA,
Porque ABOMINAÇÃO é.

Em Israel quem se preze,
Tal coisa não pediria,
Que mais cheira a catequese,
Que voz da Virgem Maria!

E nem pensou a senhora,
Que seria descoberta,
Dessa farsa enganadora;
Não foi assim tão esperta!

Mas há muitos insensatos
Que se deixam enganar;
A cair que nem uns patos,
Sempre, sempre sem cessar!

Peregrinos a sofrer
Enchem os bolsos do clero;
E só lhes resta morrer
Em desespero sincero.
Link permanenteLink permanente 19-08-2009 @ 12:34

Em resposta a: Todas/os a votar! (no Diário de Leom)

rcp [Visitante]
Eu son de Ponferrada descendente dun pobo doconcello de Cacabelos e falo galego cando podo e porsuposto de escoitalo no pobo porque os meus pais consideranlo "de pueblo" e non falan, ha por certo eu tamen son "facha" polo que consideiro co galego non ten ideoloxia..... un saudo a todos os galegofalantes do Bierzo
Link permanenteLink permanente 03-08-2009 @ 01:00

Em resposta a: As letras galegas também som do Bierzo

eduardo carmo [Visitante]
Grandes desgaças atingiram a Velha
peninsula.Aqui vão algumas delas:
1ªInvasões visigoticas.
2ªInvasões romanas.
3ªFundação de castela.
4ªOs reis católicos.
5ªA inquisição.
6ªinvasões francesas
7ªFrancico Franco.
8ªGuerra Civil Espanhola.
9ªAntónio de Oliveira Salazar.
10ªJosé Aznar.
Estas foram sem dúvida Grandes desgraças.
Saudações.eduardo carmo
Link permanenteLink permanente 03-06-2009 @ 11:30
Agosto 2014
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Busca

Ferramentas do usuário

Feeds XML

free blog