Festa da Fala em Negueira de Munhiz.

13-08-12

O próximo sábado 18 e domingo 19 de agosto a comuna 27113 organizam em Negueira a Festa da Fala. Além dos concertos haverá mostra de artesania, aberto de bilharda e roteiro pola zona.
Desde o Mádia Leva! animamos a acudir a esta jornada.

Escrito às 12:28:38 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 40 palavras, 505 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
As touradas de Sárria derom perdas de 8000 euros.

13-08-12

Os promotores das touradas de Sárria reconhecerom perdas económicas de 8000 euros. Xaora, associaçom promotora ligada ao PP, e o concelheiro do PP Manuel Sangil afirmarom em rolda de imprensa que o ano que vem nom organizarám a corrida a nom ser que se impliquem agentes privados na financiaçom. Esta é a valoraçom que fam os que teimarom em recuperar as touradas em Sárria entre polémica e com forte oposiçom.
O caso de Sárria é um exemplo do que esta a acontecer na Galiza coas touradas: pouca assistência ainda regalando entradas, perdas económicas que as fam deficitárias sem os quartos públicos e protestas cada vez maiores diante das praças .
Por outra parte temos que sinalar a responsabilidade de que a principal marca de cerveja da Galiza apoiasse as touradas de Sárria como puidemos olhar nos cartazes.
Touradas nunca mais!

Escrito às 12:25:02 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 138 palavras, 221 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Pardinhas sempre!

08-08-12


Subimos algumhas imagens do festival de Pardinhas e mais do posto que voltamos levar o Mádia Leva. Agradecer-lhe a todas as pessoas e colectivos que colaborarom, botarom umha mao (ou as duas) nesta finde de trabalho intenso. Por suposto também a gente de Xermolos por seguir fazendo Pardinhas.
Vemo-nos no próximo.

Escrito às 13:40:49 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 51 palavras, 472 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Imos a Pardinhas.

30-07-12

Mais um ano Pardinhas. Lá estaremos.

Escrito às 16:28:49 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 6 palavras, 705 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Horários do local em setembro.

30-07-12

As duas primeiras semanas de setembro abriremos só um dia semanal, as quartas-feiras,dia 5 e 12, co horário habitual de 19h30 a 22h30,
Desde o 17 em adiante abriremos de segundas-feiras a sextas-feiras como vinha sendo habitual.

Escrito às 16:25:29 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 34 palavras, 266 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Esta é a nossa!

23-07-12

Penduramos o desenho do novo autocolante que vimos de editar nas vésperas do Dia da Pátria. Animamos também a que toda a gente pendure a bandeira galega nas janelas, balcons, no carro,etc.
Esta é a nossa!
Viva a Pátria Galega!

Escrito às 19:12:33 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 40 palavras, 531 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Viva o Dia da Pátria Galega!

23-07-12

Este sábado celebrou-se o jantar de convívio que vimos celebrando os últimos anos na Pastoriza, no marco do Festival da Chaira. Por sorte acompanhou o tempo e poidemos desfrutar coas diversas actividades programadas: sessom vermú, aberto de bilharda e o roteiro até o carvalho de Luxis.
Como noutros anos quigemos fazer um brinde lembrando-nos especialmente de Maria e Antom presentes em anteriores anos e que seguem sequestrados em prisons a centos de quiómetros da Galiza.
Agradecer-lhes a A.C. A Chainza pola colaboraçom coa infraestrutura para o jantar e mais por todos estes anos de festival. E que siga por muitos anos.

Escrito às 19:03:27 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 101 palavras, 300 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Hoje acude a manifestaçom. Os direitos defendem-se na rua.

19-07-12

O local permanecerá fechado para acudir a manifestaçom convocada polas centrais sindicais para hoje, dia 19, às 20h00 que sairá da Ronda da Muralha. A CIG , CCOO e UGT convocam distintas manifestaçons polas cidades e principais vilas da Galiza contra os recurtes do governo e sob a legenda "Contra o saqueo ao povo. Há que impedir que nos arruinem".

Escrito às 12:16:16 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 58 palavras, 355 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Jantar de Irmandade polo Dia da Pátria Galega

17-07-12

O vindouro 21 de julho celebraremos o nosso tradicional jantar prévio ao Dia da Pátria. Como foi nos dous anos anteriores repetiremos lugar coincindo co VII Festival da Chaira, na Pastoriza , que organizam a Associaçom Cultural a Chaínza.
Aquelas pessoas que queiram assitir já podem comprar o bono-colaboraçom por anticipado para o jantar. Custa 10 euros.

Escrito às 18:57:00 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 54 palavras, 447 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
Assembleia no Dia da Pátria.

17-07-12


Avante a construçom nacional e de base.

Galizalivre/ Pessoas vinculadas a coletivos autogestionados de todo o país (centros sociais, educaçom popular, decrescimento, cooperativas...) venhem de realizar umha convocatória de assembleia para o vindouro Dia da Pátria, para porem experiências em comum e valorizarem a possibilidade de criar um projeto global para que "o povo, diretamente e desde baixo, tome o destino polas suas maos". Será no Centro Social O Pichel, às 17h30 do 25 de julho, numha assembleia aberta. Destacam a existência na Galiza de muitos projetos situados nesses parámetros, que pretendem viver desde já noutras coordenadas opostas às que impom o Estado e o Capital. Sinalam a Cooperativa Integral Catalá como experiência valiosa, mas recusam a cópia acrítica, assim, sinalam que "para nom condicionar a assembleia", preferem "nom definir nesta convocatória o que entendemos por cooperativa integral, pois é algo que deveria ser discutido e acordado de forma aberta e debatida". Reproduzimos a continuaçom a carta da convocatória enviada polo grupo promotor:

Cara/o companheira/o,

nos últimos anos surgírom na Galiza umha grande quantidade de iniciativas sociais que tenhem em comum a vontade de autogestom de muitas fasquias da vida, desde umha alimentaçom local e ecológica, até escolas populares, comedores, centros sociais, coletividades rurais, grupos de consumo, redes de troco e bancos de tempo, hortas comunitárias, redes de intercámbio de sementes, etc.

O colapso da economia capitalista, incapaz de soster-se em pé apesar de devorar os recursos naturais do planeta, impom também umha mudança de rumo que supere o consumismo e a guerra de todos contra todos e contra a natureza, construindo umha nova forma de vida baseada na ajuda mútua e no respeito ao entorno. Nom podemos contar com que o Estado nem o Capital ajudem nesta transformaçom social, e polo tanto apostamos porque seja o povo, diretamente e desde baixo, quem tome nas suas maos o seu destino.

Ao mesmo tempo, o projeto catalám da Cooperativa Integral atraíu a olhada de muitas/os de nós, porque parece ser umha ferramenta mui efetiva para impulsionar projetos deste tipo, englobando-os num movimento de transformaçom social de grande alcanço.

Os militantes que assinamos esta carta pensamos que seria mui interessante que umha assembleia aberta de pessoas envolvidas nestas iniciativas nos juntássemos para avaliarmos a possibilidade de impulsionar um espaço de encontro similar, umha cooperativa integral galega. Por isso decidimos convocar umha reuniom, que é aberta a qualquer pessoa que participe ou queira participar em projetos de autogestom (polo que podes convidar ti mesmo a quem se che ocorra e que a nós se nos tenha esquecido).

A assembleia terá lugar a quarta-feira 25 de julho, às 17:30 horas no centro social O Pichel, em Santiago de Compostela. As pessoas que a convocamos pensamos que nom deve ser umha assembleia de tomada de decisons, senom um simples diálogo para conversar, perguntar e compartilhar ideias entre nós. Em qualquer caso, a nossa ideia é que, se na assembleia se vê que existe vontade de apostar polo cooperativismo integral, poderiam criar-se grupos de trabalho que vaiam preparando umha juntança posterior na que se constitua realmente a cooperativa integral galega.

Seja como seja, nós nom pomos nengumha premissa nem ordem do dia à assembleia, que queremos plenamente aberta e livre.

Esperamos que a cita che pareça tam importante como a nós.

Um abraço irmandinho,

Carlos Taibo, professor e ativista social

Ugio Caamanho, do Centro Social A Revolta de Vigo

Olalha Couso, do Sindicato Labrego Galego

Paulo Tobio, da Associaçom Galega de Maes e Pais Agarimar

Paz Romai, de Acolá S. Coop. Galega

Xosé Doldán, professor e ativista social

Antón Gómez-Reino Varela, de Hábitat Social Coop. Galega

Júlio Saiáns, da Agrupaçom de Montanha Augas Limpas

Olga Romasanta, do Centro Social Mádia Leva! de Lugo

Marcos Abalde, de Estaleiro Editora

Miguel Garcia, do Centro Social Sem um Cam de Ourense

Carlos C. Varela, do jornal digital galizalivre.org

Manuel Casal Lodeiro, de Véspera de Nada

Brais Zas, da Revoldaina Cultural da Beira de Bergantinhos

Júlio Teixeiro, da Escola Popular Galega

P.S. Para nom condicionar a assembleia preferimos nom definir nesta convocatória o que entendemos por cooperativa integral, pois é algo que deveria ser discutido e acordado de forma aberta e debatida. De todas as maneiras, a experiência catalá é umha fonte de inspiraçom para nós, e quem queira pode consultá-la na rede (cooperativa.cat).

Escrito às 18:55:34 nas castegorias: opinióm
por SCMadiaLeva Email , 711 palavras, 218 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!

<< 1 ... 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 ... 89 >>