Associa-te

    Palestina livre

    LNB 23/24

    Outro Garañón...

    Apoia-nos

    Audios

    Revista A Malha Nº 2

    Revista A Malha Nº 1

        Busca

      Jantar de Irmandade polo Dia da Pátria Galega

      11-07-18

      O vindeiro dia 21 de julho voltaremos a Pastoriza para fazer o tradicional jantar prévio ao Dia da Pátria Galega. Será no mesmo lugar dos últimos anos coincidindo co festival da Chaira.
      Este ano será um jantar comunitário. Cadaquem levará a sua comida e depois partilharemos. É preciso confirmar para organizar as viagens e os preparativos em madialeva.gz@gmail.com ou 627232479.

      Escrito ?s 13:44:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 58 palavras, 338 views     Chuza!
      Letras Galegas para Carvalho Calero

      10-07-18

      Cada ano que a RAG renega dele, Carvalho Calero é mais reconhecido autor das Letras Galegas!

      Após umha década de reclamaçons procedentes de diversos coletivos culturais de base para que a Real Academia Galega dedique um Dia das Letras a Ricardo Carvalho Calero, por méritos bem conhecidos e indiscutíveis, a RAG continua a negar-se.

      A atitude de desprezo dói, nom polo que podam pensar muitos membros da RAG, mas pola referencialidade que essa entidade centenária mantém ainda em alguns setores.

      A atitude institucional e parainstitucional frente a umha figura de grande relevo intelectual e compromisso com o País, como é a de Carvalho Calero, é muito grave, porque nom é com sectarismo sistemático que se fai um país, nem negando-se a reconhecer quem, legitimamente, pensa de maneira diferente ao que marcam os cánones autonómicos.

      Se algo tem mostrado esta década de negaçom constante é a vitalidade das ideias lingüísticas que Carvalho representa, sendo elas precisamente as que explicam a censura da RAG e o silêncio cúmplice da Junta da Galiza.

      O tecido associativo de base que durante esta década reclamou o reconhecimento oficial de Carvalho Calero nom o fijo para convencer a RAG de nada. Figemo-lo para garantir que as ideias de Carvalho, compartilhadas por importantes setores do galeguismo já desde muito antes de a RAG existir, pudessem ser conhecidas por mais e mais galegos e galegas.

      É por todo isso que, faga o que figer a RAG em futuros Dezassetes de Maio, Carvalho continuará a ser lembrado e reivindicado por cada vez mais galegos e galegas que rejeitam o sectarismo e apelam às ideias avançadas de quem foi primeiro Catedrático de Língua e Literatura Galega.

      Continuaremos a difundir a obra de um dos grandes da nossa história contemporánea, autor de umha significativa obra literária nos mais diversos géneros e destacado teórico do reintegracionismo lingüístico.

      Enquanto houver Povo Galego, garantimos que Carvalho terá um lugar na memória e na prática coerente em defesa da Galiza e da sua língua.

      Galiza, julho de 2018

      Associaçom de Estudos Galegos (AEG)
      Associaçom Galega da Língua (AGAL)
      BRIGA
      Coletivo Terra (Eume)
      CS A Galheira (Ourense)
      CS A Gentalha do Pichel (Compostela)
      CS Gomes Gaioso (Corunha)
      CS A Revolta (Vigo)
      CS Fuscalho (Baixo Minho)
      CS Madia Leva (Lugo)
      CS Xebra (A Marinha)
      Diário Liberdade
      Escolas de Ensino Galego Semente
      Fundaçom Artábria (Trasancos)
      GalizaLivre
      Local Social Faisca (Vigo)
      SCD do Condado (Condado)

      Escrito ?s 14:49:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 395 palavras, 206 views     Chuza!
      Assembleia esta quinta-feira

      09-07-18

      Esta quinta-feira dia 12 de julho às 20h15 celebra-se no centro social umha assembleia aberta para os preparativos da manifestaçom juvenil independentista do dia 24 de julho em Compostela. Participa!

      Escrito ?s 08:53:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 28 palavras, 210 views     Chuza!
      Festival Incivico

      25-06-18

      Escrito ?s 17:39:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 0 palavras, 315 views     Chuza!
      Projeçom e ceia pola I República Galega

      25-06-18

      O dia 27 de junho Causa Galiza organiza no centro social umha atividade em memória da I República Galega coa projeçom e umha ceia posterior.

      Escrito ?s 09:41:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 24 palavras, 179 views     Chuza!
      Lume novo

      20-06-18

      Este sábado dia 23 de junho vemo-nos na fogueira de lume novo da Rede Asociativa de Lugo. O centro social participamos na organizaçom conjunta desta festa que se celebrará na mesma ubicaçom que o ano passado na Ronda das Fontinhas à altura da Escola de Idiomas. Este ano que ardam as mordaças.

      Escrito ?s 17:48:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 51 palavras, 252 views     Chuza!
      Ceia solidária

      13-06-18

      Esta sexta-feira dia 15 de junho às 22h00 Ceivar organiza no centro social umha ceia solidária para recadar fundos para sufragar os 1800 euros de multas contra três companheiras que despregarom umha faixa em solidariedade com os pres@s independentistas.

      Prega-se confirmar assistência madialeva.gz@gmail.com (8 euros com opçom vegana)

      Escrito ?s 13:50:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 45 palavras, 266 views     Chuza!
      Nom à Ordenança Mordaça

      28-05-18

      O Mádia Leva! aderiu a plataforma contra a proposta de Ordenança Cívica Municipal, que demos em chamar Ordenança Mordaça. Esta proposta do PSOE que é apoiada polo PP e Ciudadanos pretende criminalizar a protesta social, privatizar o espaço público , sancionar a mendicidade ou as mulheres que exercem a prostituiçom. Todo a base de multas económicas.
      A Plataforma apresentou-se a meados de março e soma mais de trinta colectivos nasce com o objectivo de exigir ao governo do PSOE a retirada da ordenança cívica. Defendemos a livre expressom na rua nos terrenos políticos, culturais e artístico ; a legitimidade da procura de ingressos económicos de modo alternativo ao mercado laboral (em alusom à proibiçom de actividades como o malabarismo ou a música ambulante), e vincamos na importáncia de manter o espaço público como espaço de convívio, jogo e lazer.
      Querem em Lugo lograr a invisibilizaçom da pobreza e a censura dos movimentos populares contestatários através de multas e violência policial .É assiim que a polícia local terá potestade para impor sançons administrativas que nom passarám por nenhum tribunal ; e, como nom podia ser de outra maneira, perseguirá com amparo legal a colada de cartazes e colantes, a realizaçom de murais ou o reparto de propaganda política sem permisso.

      Nom imos tolerar este novo ataque as nossas liberdades! Abaixo a ordenança mordaça!

      Escrito ?s 19:08:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 219 palavras, 363 views     Chuza!
      Suspendido obradoiro improteatral

      28-05-18

      Suspendido o obradoiro de teatro pevisto para esta fim se semana

      Escrito ?s 10:40:00 nas castegorias: cursos, album
      por SCMadiaLeva   , 11 palavras, 287 views     Chuza!
      Solidariedade co CSO A Insumisa

      25-05-18

      COMUNICADO DE APOIO E SOLIDARIEDADE COM O CSO A Insumisa

      Os coletivos abaixo-assinados, integrantes do movimento popular galego e empenhados na construçom de espaços para a cultura contra-hegemónica queremos declarar o seguinte perante o iminente despejo do CSO A Insumisa:

      1. A nossa solidariedade incondicional com o CSO A Insumisa, centro social ocupado da Corunha, com o qual trabalhamos em diversas iniciativas conjuntas, mostrando-se sempre como um coletivo comprometido com a construçom de alternativas ao embrutecimento e mercantilizaçom cultural dominantes.
      2. O nosso apoio a todas as pessoas que participam deste centro social, e a todo o que ele representa, como verdadeiro motor da cultura de base e popular da cidade
      3. A nossa condena à política de perseguiçom policial e mediática contra iniciativas nom controladas pola institucionalidade burguesa, i em concreto ao governo do chamado ?cambio? e que agora leva a porra e a pistola por diante em defessa da propriedade privada e instuicionalidade dos espaços autogeridos
      4. O nosso compromisso no fortalecimento e na criaçom de espaços que permitam avançar na galeguizaçom e desmercantilizaçom da nossa cultura, em coordenaçom permanente com outras entidades comprometidas com idênticos objetivos nos mais diversos ámbitos: laboral, político, feminista, comunicativo, ambiental, etc.
      5. Apelamos ao movimento popular galego à unidade e à autodefesa, construindo novas ferramentas ao serviço dos interesses do nosso povo, combatendo a manipulaçom informativa e a repressom judicial-policial.

      Galiza, 24 de maio de 2018
      Centro Social A Comuna (Corunha)
      Centro Social A Galleira (Ourense)
      Centro Social A Gentalha do Pichel (Compostela)
      Ateneo Libertário A Engranaxe (Lugo)
      Centro Social A Revolta (Vigo)
      Centro Social Fuscalho (A Guarda)
      Centro Social Gomes Gaioso (Corunha)
      Centro Social Madia Leva (Lugo)
      Centro Social O Fresco (Ponte Areias)
      Centro Social Autoxestionado do Sar (Compostela)
      Centro Social Ocupado A Insumisa (Corunha)
      Coletivo Terra (Pontedeume)
      Fundaçom Artábria (Ferrol)
      Local Social Faisca (Vigo)
      CSA O Fervedoiro (Ribeira)
      Associaçom Cultural O Quilombo (Pontevedra)
      CSA Cova dos Ratos (Vigo)

      Escrito ?s 10:41:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 311 palavras, 221 views     Chuza!

      << 1 ... 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 ... 141 >>

        madialeva.gz@gmail.com
        Rua Serra de Ancares 18
        Horário
        De segundas-feiras (luns) a sextas-feiras (venres) de 19h30 a 22h30
        CIF:G-27360825
          powered by b2evolution free blog software